Última hora

Última hora

Talibã e governo afegão negociam libertação de reféns sul-coreanos

Em leitura:

Talibã e governo afegão negociam libertação de reféns sul-coreanos

Tamanho do texto Aa Aa

Ao final de várias horas de angústia, os familiares dos 22 sul-coreanos feitos reféns no Afeganistão receberam a notícia de que a guerrilha Talibã não cumpriu o ultimato que expirara esta manhã. O grupo armado anunciou que os reféns se encontram vivos e que estão em negociações com o governo para chegar a um acordo.

A informação foi confirmada pelo vice-ministro do interior afegão que afirmou estar optimista quanto à libertação dos 22 missionários evangelistas, capturados pelos guerrilheiros no sul do Afeganistão há uma semana. Os sequestradores tinham executado um refém do grupo na quarta-feira passada, antes de exigirem a troca de um primeiro grupo de oito reféns por um número igual de prisioneiros talibãs.

Na Coreia do Sul o rapto abre o debate sobre o risco das missões humanitárias dos 17 mil missionários sul-coreanos espalhados pelo mundo.