Última hora

Última hora

6000 Palestinianos iniciam regresso a Gaza

Em leitura:

6000 Palestinianos iniciam regresso a Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

É o início do regresso a casa para os 6000 palestinianos bloqueados desde de Junho no Egipto. Mas apesar da Faixa de Gaza estar mesmo ali, do outro lado da vedação a viagem será longa e difícil. Durante a espera de mais de um mês, em condições muito precárias, pelo menos 29 pessoas morreram. Sábado, Egipto e Israel chegaram a acordo para transportar de regresso a Gaza, até segunda-feira cerca de 600 palestinianos.

Todos deixaram para trás familiares e amigos. Os 100 que agora iniciam a viagem lamentam o longo caminho que vão fazer por uma estrada em más condições. Tinham preferido passar pelo terminal de Rafah.

Mas a única porta da Faixa de Gaza para o mundo exterior está fechada desde 9 de Junho. Assim, os palestinianos são escoltados por território israelita para entrarem em Erez, no norte da Faixa de Gaza.

A passagem de Rafah que no ano e meio em que esteve aberta só funcionou 1/5 do tempo, continua fechada à espera que estejam reunidas as condições para voltar a funcionar.

Uma exigência que os palestinianos não cessam de fazer. Por isso, mais uma vez, juntaram-se em frente à passagem de Rafah para protestar contra os portões encerrados.