Última hora

Última hora

ABN retira recomendação da proposta do Barclays

Em leitura:

ABN retira recomendação da proposta do Barclays

Tamanho do texto Aa Aa

A oferta do Barclays para a compra do ABN Amro deixou de ter a confiança da administração do banco holandês. A cúpula do ABN retirou a recomendação à oferta, de 64 mil milhões de euros, o que dá mais hipóteses de sucesso à proposta rival, do trio formado pelo Royal Bank of Scotland, pelo Fortis e pelo Banco Santander. Parece estar a azedar o namoro entre o Barclays e o maior banco da Holanda. Isto depois de, em Abril, os dois bancos terem anunciado, em conjunto, o acordo para a fusão. Apesar de ter agora voltado atrás com a recomendação, a administração do ABN Amro diz que continua a preferir a oferta do Barclays, mesmo se a do trio é superior em quase quatro mil milhões de euros, com a componente em dinheiro a ocupar mais de 90%.

A oferta do Barclays é considerada mais segura, por manter intacta a estrutura do ABN Amro, mas a oferta dos britânicos tem cada vez menos hipóteses de vingar. Os analistas dizem que só um imprevisto de última hora impede o RBS, o Fortis e o Santander de levar a melhor. Para a semana, com a assembleia-geral do Fortis, as coisas vão clarificar-se. Seja qual for o pretendente escolhido por esta noiva exigente, certo é que o negócio vai ser o maior alguma vez realizado no sector dos serviços, a nível mundial.