Última hora

Última hora

Tribunal belga suspende expulsão de Angelica e da mãe

Em leitura:

Tribunal belga suspende expulsão de Angelica e da mãe

Tamanho do texto Aa Aa

Já não serão expulsas a menina equatoriana de 11 anos, Angelica, e a mãe Ana. Um tribunal de primeira instância de Bruxelas ordenou a suspensão da expulsão e a libertação das duas, detidas há um mês por residência ilegal na Bélgica. A decisão da justiça foi conhecida quando a menina e a mãe seguiam de carro para a Holanda, onde seriam colocadas esta noite num avião rumo ao Equador. A expulsão fica suspensa e as duas regressam a Bruxelas. A advogada da família recorreu à justiça usando o relatório de um médico que constatou ferimentos nos joelhos e peito da mãe, provocados durante a transferência da manhã. Os deputados belgas querem agora uma investigação aos alegados maus-tratos. O caso da menina equatoriana mobilizou a opinião pública, mas até agora tinham-se revelado inúteis os apelos de clemência e as manifestações. Angelica e mãe chegaram à Bélgica em 2003. O pai, também ilegal, está em liberdade e um dos filhos do casal tem nacionalidade belga.