Última hora

Última hora

Jovem beduíno egípcio morre em confrontos com a polícia egípcia

Em leitura:

Jovem beduíno egípcio morre em confrontos com a polícia egípcia

Tamanho do texto Aa Aa

Junto à fronteira de Gaza há outro problema que permanece sem resolução há vários anos e que agora se intensificou com a morte de um jovem. O governo egípcio quer destruir todas as habitações que estejam edificadas a 50 metros de distância da linha de fronteira alegando razões de segurança. Mas os beduínos, membros de uma comunidade marginal de origem nómada que vivem essencialmente de pastoreio, estão contra as intenções do executivo. Na última manifestação de beduínos, os confrontos foram violentos, duraram cerca de três horas, um jovem de 15 anos morreu, 16 pessoas ficaram feridas, três em estado grave, 20 polícias sofreram também ferimentos. O pai do jovem garante que foram as forças do governo que assassinaram o filho.