Última hora

Última hora

UE estuda regras mais suaves para bebidas compradas nos 'duty-free'

Em leitura:

UE estuda regras mais suaves para bebidas compradas nos 'duty-free'

Tamanho do texto Aa Aa

Comprar bebidas nas lojas ‘duty-free’ externas à União Europeia e mudar de avião num aeroporto comunitário reserva ao turista inadvertido uma triste surpresa: as bebidas não podem voltar a embarcar e este é obrigado a dizer adeus ao vinho estrangeiro que tinha comprado para oferecer ao pai. No futuro, esta regra de segurança em vigor nos aeroportos europeus pode vir a ser suavizada. O porta-voz da Comissão Europeia explica que “peritos europeus vão deslocar-se a diferentes países externos à União Europeia para avaliarem se as medidas aplicadas são suficientemente seguras e se a cadeia de fornecimento nas lojas ‘duty-free’ desses aeroportos externos corresponde à definição de segurança da União Europeia. Nesse caso, as medidas e o nível de segurança serão consideradas equivalentes às praticadas nos aeroportos comunitários.” Actualmente, só os Estados Unidos têm regras de segurança nos aeroportos semelhantes às europeias, no que respeita às restrições ao transporte de líquidos na bagagem de mão.