Última hora

Última hora

Bielorrússia a meio gás a partir de sexta-feira

Em leitura:

Bielorrússia a meio gás a partir de sexta-feira

Tamanho do texto Aa Aa

A Gazprom vai cortar quase metade do fornecimento de gás à Bielorrússia. O gigante mundial na produção de gás prepara-se para suspender a distribuição em 45 por cento para a Bielorrússia por falta de pagamento. Estarão em dívida mais de 330 milhões de euros, depois que a Gazprom duplicou os preços do gás no início do ano. As autoridades de Minsk querem negociar mas garantem que não têm possibilidades de pagar a dívida até sexta-feira, dia em que a Gazprom se compromete a parar parte da distribuição. A Gazprom avisou os clientes europeus de que não vão ser afectados e que o fornecimento para o velho continente será feito através da Bielorrússia, como até agora. Não é a primeira vez que há problemas deste género com os países vizinhos da Rússia. A Gazprom faz uso do estatuto monopolista que detém na região. A empresa russa é responsável por um quarto do gás que chega à Europa.