Última hora

Última hora

Gazprom reduz entregas de gás à Bielorrússia

Em leitura:

Gazprom reduz entregas de gás à Bielorrússia

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia fechou parcialmente a torneira do gás à vizinha Bielorrússia. Com as dívidas a persistirem, o monopólio estatal de distribuição de gás Gazprom decidiu reduzir para metade as entregas de gás ao país vizinho. A Gazprom promete não prejudicar a distribuição para outros países da Europa, que recebem o gás através da Bielorrússia. Diz o porta-voz da Gazprom, Serguei Kuprianov,” a partir da manhã do dia 3 de Agosto, as entregas de gás à Bielorrússia vão descer em 21 milhões de metros cúbicos diários, cerca de 45% do consumo do país. O trânsito das entregas a outros consumidores, através do território bielorrusso, vai continuar a ser feito de forma completa”. A Bielorrússia, que beneficia de preços especiais, mesmo depois dos últimos aumentos, é um dos maiores clientes da energia russa. Recebe grandes quantidades de gás, petróleo e electricidade. Recentemente, Moscovo duplicou o preço cobrado ao país vizinho, o que causou uma situação de forte tensão, que acabou por resolver-se. Agora, Minsk diz não poder pagar uma dívida de 330 milhões de euros. Moscovo pôs em marcha um dispositivo para impedir a Bielorrússia de fazer o que fez na crise do início deste ano – desviar para o mercado local gás destinado aos outros países da Europa. A Gazprom acredita que isso não vai acontecer agora, por estarmos no Verão, altura de fraco consumo.