Última hora

Última hora

Incêndios queimam 35 mil hectares nas Canárias

Em leitura:

Incêndios queimam 35 mil hectares nas Canárias

Tamanho do texto Aa Aa

A situação dos incêndios no arquipélago das Canárias começa a estabilizar. Os incêndios de Tenerife e da Gran Canária continuam activos, não controlados, mas contidos dentro de um perímetros delimitado. Em Tenerife, as chamas espalham-se por 71 quilómetros, mas espera-se uma importante melhoria nas condições atmosféricas durante o dia de hoje, o que poderá permitir controlar o incêndio. Nesta ilha já arderam 14.500 hectares e nove mil pessoas foram obrigadas a abandonar as residências. Entre eles reina a angústia: “Não sei como está a minha casa, se está queimada, é disso que tenho medo”, afirma uma mulher. As autoridades espanholas pensam que o incêndio de Tenerife também pode ter origem criminosa, depois de ontem terem detido um guarda florestal que confessou ter ateado o da Gran Canária. Nesta ilha arderam já 20 mil hectares, mas muitas das cerca de 5.200 pessoas que tiveram que abandonar as residências, já puderam regressar. O primeiro-ministro, José Luis Zapatero, está hoje de visita às duas ilhas para avaliar os prejuízos.