Última hora

Última hora

Manhã sangrenta em Bagda

Em leitura:

Manhã sangrenta em Bagda

Tamanho do texto Aa Aa

Três atentados esta manhã em Bagdad mataram várias dezenas de pessoas e feriram um número ainda indeterminado pessoas. Os ataques terroristas ocorrem no mesmo dia em que se instala uma nova crise política no governo iraquiano. O bloco sunita da coligação abandonou o executivo em divergência com o primeiro-ministro. Nos dois últimos atentados, pelo menos 13 pessoas morreram e 25 ficaram feridas na sequência das explosões de dois carros armadilhados no sul e no oeste de Bagdad. Às primeiras horas da manhã, um carro-bomba explodiu na região leste da capital iraquiana, em Karrada, numa zona que até há pouco tempo era tranquila ao nível da segurança. Morreram 15 pessoas e 20 ficaram feridas. Já na semana passada, dois ataques na zona de Karrada mataram quase 40 pessoas e feriram mais de 100. O exército norte-americano anunciou entretanto a morte de três soldados e ferimentos em seis na sequência da explosão de uma bomba à passagem da coluna militar. No total, no mês passado, o exército registou 77 baixas, um número, apesar de tudo, mais reduzido em relação a outros meses. O comando norte-americano atribui a redução de atentados e mortes aos 33 mil soldados extra que chegaram ao território.