Última hora

Última hora

Brinquedos chineses são perigosos

Em leitura:

Brinquedos chineses são perigosos

Tamanho do texto Aa Aa

A Fisher Price, o gigante norte-americano do comércio de brinquedos devolveu um milhão e meio de peças fabricadas na China, por falta de qualidade e perigo, para os utilizadores. Em causa esta a tinta usada nos brinquedos, de elevada toxidade, suspeitando-se que contenha chumbo. Os brinuedos fantasiavam a “Rua Sésamo” e “Dora, a Exploradora”. A inclusão de chumbo está proibida pelas normas europeias e norte-americanas. Parte do contigente já estava em distribuição, mas foi interceptada, para que os brinquedos sejam devolvidos à China. A indústria chinesa vende 40,52 por cento da sua produçao para o mercado norte-americano, com o Canadá incluido. O segundo cliente é a Ásia, com 28,7 por cento. A Europa absorve 23,62 por cento e os restantes 7,12 por cento, vão para outros pequenos mercados. Tudo somado, vale qualquer coisa como 13,5 mil milhões de euros.