Última hora

Última hora

Cheias na Ásia já mataram 1400 pessoas

Em leitura:

Cheias na Ásia já mataram 1400 pessoas

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 1400 mortos e vinte e cinco milhões de sinistrados é o balanço das cheias no sul da Ásia, causadas pelas monções.
A situação mais grave vive-se na Índia, onde na passada sexta-feira se atingiu os mil e cem mortos. Neste país, há distritos completamente isolados, pelo que, este sábado, helicópteros distribuíram comida a duas mil e duzentas aldeias. Os hospitais estão apinhados de pessoas com diarreia, disenteria e febre, tendo já começado a aparecer também casos de malária. No vizinho Bangladesh, registam-se já 81 mortos e quase seis milhões de pessoas deslocadas ou isoladas pela água. As inundações no Sul da Ásia atingem também o Nepal, onde, de acordo com o Ministério do Interior, já morreram pelo menos 84 pessoas desde meados de Junho. Foi neste mês que começaram as monções, que terminam em Setembro. Apesar de ainda estarem a meio, estas já são consideradas as piores cheias dos últimos anos.