Última hora

Última hora

Sarkozy interrompe férias para deitar água na fervura

Em leitura:

Sarkozy interrompe férias para deitar água na fervura

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, garante que as negociações entre o grupo europeu EADS e a Líbia começaram muito antes da libertação das enfermeiras e do médico búlgaros. A garantia foi dada num encontro informal com os jornalistas, que decorreu em New Hampshire, nos Estados Unidos, onde Sarkozy se encontra de férias.

“Depois de 2004, a Líbia não esteve mais sujeita a qualquer embargo da comunidade internacional. Faz dezoito meses que os contratos estão em negociação, autorizados por todas as comissões nacionais e internacionais, e os líbios vão gastar algumas centenas de milhões de euros para fazer andar as nossas fábricas”, explicou o presidente antes de interrogar: “Devo desculpar-me? De que é que eu sou acusado? De encontrar contratos?”