Última hora

Última hora

Geórgia acusa Rússia de bombardeamento perto de Tbilissi, Moscovo desmente

Em leitura:

Geórgia acusa Rússia de bombardeamento perto de Tbilissi, Moscovo desmente

Tamanho do texto Aa Aa

Nova crise entre a Rússia e a Geórgia. As autoridades de Tbilissi garantem que dois caça-bombardeiros russos entraram ontem em território georgiano e largaram uma bomba de 700 quilos que acabou por não explodir. De acordo com o ministério do Interior, a bomba caíu 60 quilómetros a norte de Tbilissi.

A Geórgia considera que foi bombardeada, que se trata de um acto de agressão. Não houve vítimas. As autoridades garantem que o engenho caíu perto da região separatista da Ossétia do Sul, apoiada por Moscovo.

Um porta-voz do executivo georgiano diz que foi uma a sorte a bomba não ter explodido. As autoridades de Moscovo desmentem tudo. Em comunicado, a Rússia garante que não sobrevoou espaço aéreo georgiano, não violou fronteiras, nem tão pouco bombardeou o território.

Não é a primeira vez que a Geórgia faz acusações deste género à Rússia. A última foi em 2002, na altura as autoridades de Moscovo também desmentiram. Nunca se percebeu quem tinha razão.