Última hora

Última hora

Novos indicíos nas investigações do caso Madeleine

Em leitura:

Novos indicíos nas investigações do caso Madeleine

Tamanho do texto Aa Aa

Os vestígios de sangue de cadáver encontrados no apartamento da Praia da Luz por cães ingleses estão a dar novo rumo à investigação do caso Maddie MacCann. Os indícios encontrados levantam duas hipóteses: morte por negligência ou homicídio. O resultado das perícias realizadas nos últimos dias poderá alargar o âmbito das inquirições levadas a cabo pela Policia Judiciária. Os investigadores concentram, agora, as atenções no círculo familiar e de amigos dos MacCann. Os veículos dos familiares de Robert Murat, até agora único arguido no processo, têm sido alvo de inspecções. Em conferência de imprensa, os pais de Maddie excusaram-se a responder a muitas das questões colocadas pelos jornalistas, preferindo, reforçar a ideia de que a criança estava viva quando sairam para jantar. “A minha mulher e eu acreditamos, que Madeleine se encontrava viva quando a deixámos no apartamento, mas não sabemos o que aconteceu depois, quem a raptou e porquê”, afirma o Gerry MacCann. A criança desapareceu do aldeamento da Praia da Luz no passado dia 3 de Maio. Várias pistas foram seguidas, as últimas apontam para a morte da pequena Maddie há cerca de três meses.