Última hora

Última hora

Mercados globais em forte queda devido à crise no crédito à habitação norte-americano

Em leitura:

Mercados globais em forte queda devido à crise no crédito à habitação norte-americano

Tamanho do texto Aa Aa

Foi uma quinta-feira negra para os mercados accionistas globais, marcada pelo receio dos investidores face à crise no sector do crédito à habitação de alto risco nos Estados Unidos. As bolsas norte-americanas registaram fortes perdas, com o Dow Jones a cair 2,83 por cento e o Nasdaq a recuar 2,16 por cento.

Um analista da empresa financeira Standard and Poor’s explica que “este tipo de volatilidade viciosa deverá continuar a curto prazo. Mas, a longo prazo, será uma revalorização saudável do risco e, portanto, os investidores devem aguentar-se e esperar”.

As principais praças europeias já se tinham ressentido, encerrado as sessões em terreno negativo. A queda nos mercados de valores foi desencadeada pelo banco francês BNP Paribas, que anunciou a suspensão de três dos seus fundos expostos ao mercado imobiliário norte-americano. A falta de liquidez levou o Banco Central Europeu a injectar um financiamento recorde de 94.800 milhões de euros para acalmar o mercado monetário.