Última hora

Última hora

Crise política obriga Polónia a antecipar as legislativas para o Outono

Em leitura:

Crise política obriga Polónia a antecipar as legislativas para o Outono

Tamanho do texto Aa Aa

A Polónia caminha para eleições legislativas antecipadas já em Outubro ou Novembro. Quem o diz é o primeiro-ministro Jaroslaw Kaczynski, depois de, este sábado, ter anunciado que vai demitir segunda-feira os ministros da Liga das Famílias Polacas. A notícia foi comunicada pelo chefe do governo a Roman Gyertich, líder dos ultra-católicos e parceiro de coligação. O mesmo poderá suceder aos restantes ministros do partido Autodefesa, outro aliado, depois de já ter saído Andrzej Lepper. O líder dos populistas ocupava o cargo de ministro da Agricultura mas foi acusado pelo primeiro-ministro de corrupção. A coligação não sobrevive à crise que dura há um mês e que tocou o próprio partido Lei e Justiça dos gémeos Kaczynski, com a demissão do ministro do Interior. Há dois dias o presidente, Lech Kaczynski, reuniu-se com o principal líder da oposição, o liberal Donald Tusk. No final, ambos defenderam que as eleições antecipadas são inevitáveis. Agora é o partido dos gémeos que autoriza o governo a antecipar o escrutínio de dois anos, embora tudo aponte para uma pesada derrota da formação conservadora.