Última hora

Última hora

Serra Leoa vota sem incidentes

Em leitura:

Serra Leoa vota sem incidentes

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de uma eleição sem incidentes, contam-se os votos na Serra Leoa. 2,6 milhões de eleitores foram chamados às urnas este sábado para eleições presidenciais e legislativas, no primeiro acto eleitoral realizado desde a saída dos capacetes azuis da ONU do país, em 2005. Os resultados provisórios são esperados na final da semana e os definitivos deverão ser conhecidos daqui a doze dias.

A eleição, suprevisionada por 350 observadores internacionais, é considerada um importante teste à democracia neste país da África Ocidental fustigado por dez anos de guerra civil. Em causa estava a escolha do novo presidente e de 112 dos 124 membros do parlamento.

Entre os sete candidatos presidenciais, há dois favoritos: o vice-presidente cessante, Solomon Berewa, do Partido do Povo da Serra Leoa e Ernest Koroma, chefe do Congresso de todo o Povo, mas a candidatura do ex-ministro Charles Margai pode trazer supresas. Cinco anos após o fim da guerra civil, que fez 50 mil mortos, a Serra Leoa continua a ser a segunda nação menos desenvolvida no mundo.