Última hora

Última hora

Seis italianos mortos em Duisburgo pertenciam à máfia calabresa

Em leitura:

Seis italianos mortos em Duisburgo pertenciam à máfia calabresa

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades alemãs e italianas confirmaram que os seis italianos abatidos a tiro em Duisburgo pertenciam à máfia calabresa. De acordo com a agência de notícias transalpina Ansa, a prefeitura de polícia de Reggio Calábria, em ligação com os serviços da Interpol em Roma, e a polícia da cidade do oeste da Alemanha concluíram que os seis homens pertenciam a uma das duas “famílias” da Ndrangheta envolvidas numa série de ajustes de contas.

A polícia alemã confirmou que dois homens foram vistos a fugir do local do crime por uma mulher.

Heinz Springer que está a chefiar a investigação referiu em conferência de imprensa que “não há uma descrição exacta dos dois indivíduos, mas estes foram vistos a fugir em direcção à Ludgeriplatz, a cerca de 250 metros do local” onde as vítimas foram encontradas.

A execução foi levada a cabo nas imediações de um restaurante italiano, perto da estação de comboios da cidade. As vítimas foram encontradas dentro de dois veículos, com uma bala na cabeça.

A Direcção Central da Polícia Criminal italiana já preparou o envio de investigadores a Duisburgo para ajudar as autoridades alemãs.