Última hora

Última hora

Rei vai intervir para solucionar impasse político

Em leitura:

Rei vai intervir para solucionar impasse político

Tamanho do texto Aa Aa

Suspensão das negociações para a formação de um governo de coligação na Bélgica. Há dois meses que os partidos políticos belgas tentam, sem qualquer sucesso, formar uma coligação para governar o país. Mas Yves Leterme, o chefe do partido democrata-cristão que venceu as legislativas de Junho, ainda não conseguiu o consenso necessário para formar governo e está preocupado com a situação: “Definir, no seio da maioria necessária no parlamento, um consenso sobre os principais papéis do Estado belga e das diferentes instituições é absolutamente necessário para um governo forte. A ausência desse consenso é uma ameaça ao bem-estar do povo e ao bom funcionamento das instituições”. Agora é o próprio Rei Alberto II que vai intervir e consultar os partidos com vista a desbloquear a situação.

Desde meados de Julho que 4 partidos estão à mesa das negociações: o Partido Liberal da Flandres e o seu homólogo francófono, o Movimento Reformador, que formavam a anterior coligação governamental e as duas formações dos democratas-cristãos, a flamenga CDV e a francófona CDH que estavam na oposição desde 1999. A grande divisão está no seio dos democratas-cristãos, que venceram as eleições. Flamengos e francófonos não se entendem, nomeadamente no que diz respeito à reforma do complexo sistema federal belga que vigora há 40 anos.