Última hora

Rússia retoma práticas militares da Guerra Fria

Em leitura:

Rússia retoma práticas militares da Guerra Fria

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia retomou esta sexta-feira os voos de bombardeiros estratégicos, prática à qual Moscovo tinha renunciado depois do fim da Guerra Fria. O anúncio foi feito pelo próprio presidente russo, durante as manobras militares que decorreram no quadro da reunião de ontem dos chefes de Estado da Organização de Cooperação de Xangai, em Bichkek, a capital do Quirguistão. Depois da demonstração de força de grande envergadura, que decorreu na região dos Montes Urais, na Rússia, e na qual participaram pela primeira vez tropas chinesas, Putin afirmou que “às 00:00 horas, vinte bombardeiros estratégicos de longo alcance levantaram voo de sete aeródromos russos. Os aparelhos vão manter-se no ar durante vinte horas, sendo reabastecidos durante o voo, e vão estar em contacto permanente com a Marinha nacional.”

O chefe de Estado russo garantiu que estes voos vão ter um “carácter regular e estratégico” e justificou a decisão com as “exigências da segurança do país”. A Rússia suspendeu unilateralmente os voos da sua aviação estratégica de longo alcance em 1992.