Última hora

Última hora

Sequestro de avião com final feliz

Em leitura:

Sequestro de avião com final feliz

Tamanho do texto Aa Aa

Terminou bem o sequestro de um avião na Turquia. Os dois piratas do ar entregaram-se às autoridades. Quando foi desviado, o aparelho da Atlas Jet dirigia-se do norte de Chipre para Istambul. Os homens foram identificados como sendo um turco, e outro com passaporte sírio, mas que pode ser palestiniano. Armados com uma faca, exigiam ir para Teerão obrigando o avião a aterrar em Antalia para encher os depósitos. O bombardier fazia a ligação entre Ercan no norte de Chipre, apoiado pela Turquia, e Istambul.

4 passageiros e 2 tripulantes ficaram retidos como reféns antes dos piratas se renderem. A maioria dos 136 passageiros e o piloto conseguiram fugir da aeronave, com mais ou menos dificuldade. Apesar do susto, ninguém ficou ferido. Comuns, por causa dos diversos grupos radicais, os sequestros na Turquia não têm provocado vítimas.

O norte de Chipre é um destino apreciado por turcos e estrangeiros e uma boa fonte de rendimentos. Este episódio é uma má notícia para o turismo, um dos sectores mais importantes da economia turca e que começava a recuperar depois de um ano de 2006 muito afectado por uma série de atentados à bomba.