Última hora

Última hora

Abdullah Gul de novo a caminho da presidência turca

Em leitura:

Abdullah Gul de novo a caminho da presidência turca

Tamanho do texto Aa Aa

O ministro dos negócios estrangeiros turco Abdullah Gul, volta hoje a ser o favorito na corrida à presidência do país. Quatro meses após a candidatura do islamista moderado ter agitado os sectores laicos do país, levando a eleições antecipadas, o Parlamento reinicia esta manhã o processo eleitoral em quatro voltas.

Reforçado pela vitória do seu partido, o AKP, no sufrágio de Julho, Gul não terá à partida dificuldade em reunir a maioria de votos necessária para a sua eleição.

Apesar do boicote anunciado pelo partido republicano do povo, o agora maior partido da oposição – o partido de acção nacionalista – afirma que irá participar o sufrágio com o seu próprio candidato.

Uma participação que evita que se repita a situação de falta de quórum que levou ao impasse eleitoral há quatro meses.

Em Abril e Maio os sectores laicos tinham-se manifestado contra Gul, temendo que a influência crescente dos islamistas pusesse em causa os princípios laicos do país. O exército tradiconal guardião da laicidade, recusa-se a comentar a recandidatura de Gul.

Apesar das suspeitas em torno do partido da justiça e desenvolvimento, a formação é a única assumidamente europeísta. Gul foi mesmo o protagonista da candidatura da Turquia à adesão à União Europeia.