Última hora

Última hora

Rússia quer recuperar mercado aeronáutico

Em leitura:

Rússia quer recuperar mercado aeronáutico

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia esta com os olhos postos no céu, até ao próximo dia 26 de Agosto. O MAKS 2007, Salão Aeroespacial Internacional, em Zhukovsky, nos arredores de Moscovo, abriu esta terça-feira aos especialistas do sector e promete inovação e contratos milionários entre as principais empresas de aviação.

Uma forma de Vladimir Putin descolar com uma nova estratégia para a Rússia, depois de alguma estagnação na indústria aeronáutica durante os últimos 15 anos. Na abertura deo certame, o presidente russo falou de uma nova filosofia para a mostra, uma novidade, que assenta nas conferências científicas, entre engenheiros, cientistas e construtores, onde se pode trabalhar para a inovação aeronáutica.

Mais de 540 empresas russas e 240 empresas estrangeiras participam no salão e é esperado meio milhão de visitantes. Os rumores no sector apontam para futuras parcerias entre a Sukhoi, que apresenta o novo jacto SU-35, e a companhia aérea italiana Alenia.

A Russia espera fabricar quatro mil e quinhentas aeronaves, comerciais e militares, até 2025, um negócio que pode valer 185 mil milhões de euros. A exposição abre ao público em geral sexta-feira, 24, com um espectáculo áereo.