Última hora

Última hora

Uma festa popular numa vila no Leste da Alemanha terminou com violência racial.

Em leitura:

Uma festa popular numa vila no Leste da Alemanha terminou com violência racial.

Tamanho do texto Aa Aa

8 indianos encotraram refúguio numa pizaria depois de terem sido atacados por um grupo de 50 pessoas. Kulvir Singh de 39 anos, tem bem presentes as marcas do ataque e explica que foi com os amigos à festa para se divertirem um pouco. Tudo começou por correr bem. O grupo só quis juntar-se às pessoas que dançavam numa tenda. Ninguém procurava sarilhos. Singh é, há 10 anos, vendedor no mercado da aldeia e nunca tinha tido qualquer problema.

A pacata vila de Muglen ficou chocada com o sucecido. Um caso de violência racial gratuita numa terra que normalmente é sossegada, explica o autarca local. Gottard Deuse não tem conhecimento da existencia de qualquer grupo de extrema direita. E afirma que nunca existitram desacatos na terra. Em 12 anos de existencia da feira de Muegelen foi a primeira vez que houve incidentes.

Foram necessários 70 policias para controlar a situação. 2 alemães foram detidos mas entretanto libertados. Á investigação ao incidente prossegue