Última hora

Última hora

Dean diminui intensidade sobre a península do Iucatão

Em leitura:

Dean diminui intensidade sobre a península do Iucatão

Tamanho do texto Aa Aa

A passagem do furacão Dean sobre a península mexicana do Iucatão revelou-se menos destruídora do que o previsto. A tempestade, de categoria 5, em contacto com as terras foi diminuindo de intensidade até retroceder à categoria 1, sem provocar vítimas e causando poucos estragos nas principais estâncias turísticas da península como em Cancun.

Os ventos fortes destruíram no entanto várias habitações junto à fronteira com o Belize, inundando ruas e derrubando árvores e postes de electricidade no porto da chamada riviera Maia. Dezenas de milhares de turistas tinham sido reencaminhados nos últimos dias para os países de origem como medida de precaução.

O centro do furacão atravessa agora o golfo de Campeche, onde a petrolífera mexicana ordenou a evacuação de 400 plataformas. Responsáveis da empresa afastam para já a possibilidade de que a tempestade possa afectar a distribuição petrolífera como o fizeram o Katrina ou o Rita em 2005.

Os meteorologistas prevém no entanto um aumento de intensidade da tempestade em contacto com as águas do Golfo. Antes de assolar o México, o primeiro furacão da temporada tinha provocado 11 mortos nas Caraíbas.

As seguradoras calculam os estragos em mais de mil e quinhentos milhões de dólares.