Última hora

Última hora

Geórgia vai integrar sistema de radares da NATO

Em leitura:

Geórgia vai integrar sistema de radares da NATO

Tamanho do texto Aa Aa

A crise entre a Rússia e a Geórgia continua em ebulição. Depois desta quarta-feira Tblissi ter acusado novamente a Rússia de ter violado o seu espaço aéreo, o governo georgiano anunciou que o seu sistema de radares vai ser integrado no da NATO.

Tblissi é candidata a aderir à Aliança Atlântica, apesar de ser um caminho complicado. E a Rússia sempre manifestou irritação com estas intenções, pelo facto de aumentar a influência da NATO em território da antiga União Soviética e consequente perda de influência regional de Moscovo.

O vice-ministro da defesa da Geórgia, Batu Kutelia, disse que os recentes incidentes precipitaram reuniões na sede da NATO em Bruxelas, de onde saiu a decisão de acelerar os procedimentos. Kutelia referiu que o processo deverá estar concluído no Outono.

A alegada violação do espaço aéreo de há dois dias será a segunda a ocorrer no espaço de duas semanas.

Na primeira ocasião, Tbilissi anunciou que o avião russo disparou um míssil que não detonou. Uma versão confirmada por técnicos pró-ocidentais que investigaram os destroços do projéctil a pedido de Tbilissi.

A Rússia também enviou uma equipa de peritos e desmentiu sempre todas as acusações.