Última hora

Última hora

Membros da Ndrangheta assassinados na Alemanha vão a enterrar

Em leitura:

Membros da Ndrangheta assassinados na Alemanha vão a enterrar

Tamanho do texto Aa Aa

Dois dos seis italianos membros da máfia calabresa assassinados em Duisburgo foram a enterrar esta quinta-feira. O funeral dos irmãos Francesco e Marco Pergola, de 22 e 20 anos, decorreu de forma discreta na pequena localidade de Siderno, na região de Reggio Calábria.

Cerca de 200 pessoas marcaram presença na missa. Os caixões foram transportados por familiares e amigos para o interior da igreja, cuja segurança ficou a cargo dos vários polícias à paisana.

Por questões de segurança a prefeitura proibiu a realização de um cortejo fúnebre.

Os seis italianos, vítimas de um ajuste de contas entre clãs da Ndrangheta, a máfia calabresa, foram assassinados, no dia 14, com um tiro na cabeça à saída de uma pizaria, em Duisburgo, no oeste da Alemanha.

O presidente da câmara, Alessandro Figliomeni, refere que a população de Siderno e de toda a região de Locride ficou muito chocada com este grave incidente” e não se lembra de ter havido um acontecimento como este nos últimos anos.

Entretanto, os restos mortais de três das vítimas de Duisburgo deverão ser transladados para a localidade de San Luca, de onde eram originários.

Os caixões dos três homens, entre os quais se encontra um adolescente de 16 anos, já chegaram ao aeroporto Leonardo Da Vinci, em Fiumicino, na periferia de Roma. A sexta vítima deverá ser enterrada na Alemanha amanhã.

A polícia alemã já tornou públicas as imagens dos presumíveis autores do crime captadas pelas câmaras de vigilância.