Última hora

Última hora

Refém alemão pede auxílio em video de Talibãs

Em leitura:

Refém alemão pede auxílio em video de Talibãs

Tamanho do texto Aa Aa

Visivelmente doente, um refém alemão dos Talibãs pediu auxílio à família e aos amigos, e apelou aos governos de Berlim e Cabul para que aceitem negociar a sua libertação com os guerrilheiros.

O vídeo do apelo, registado pelos sequestradores, foi difundido hoje por uma televisão privada afegã.

Rudolf Blechschmidt, de 62 anos, foi raptado há mais de um mês a sudoeste de Cabul em conjunto com cinco afegãos e um outro engenheiro germânico, entretanto executado após sofrer um ataque cardíaco.

No registo, Blechschmidt afirma estar detido nas altas montanhas, em más condições e muito doente, e que será abatido se Berlim não aceitar negociar com os Talibãs. Refere também que tem medicamentos para os seus problemas coração apenas para os próximos três dias.

Os guerrilheiros exigem a retirada dos 3 mil e 300 soldados alemães mobilizados no Afeganistão, no quadro das operações da NATO, e a libertação de rebeldes detidos.

Berlim recusou fazê-lo mas encontra-se sob pressão da opinião pública e dos partidos da oposição. No próximo mês tem lugar no parlamento federal uma sessão em que será votado o prolongamento da missão germânica no Afeganistão.