Última hora

Última hora

Acordo simbólico entre xiitas, curdos e sunitas no Iraque

Em leitura:

Acordo simbólico entre xiitas, curdos e sunitas no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Xiitas, Curdos e Sunitas anunciaram um acordo de princípio para resolverem a crise política e os problemas no Iraque. O acontecimento é simbólico, as autoridades querem torná-lo num marco da história do país, mas as principais divergências continuam sem solução.

Por agora, o acordo implica a libertação de presos políticos, na maioria sunitas, a reabilitação de antigos membros do partido Baaz, que esteve no poder até à queda do regime de Saddam Hussein, e ainda a realização de eleições locais.

O primeiro-ministro iraquiano tem sido alvo de fortes críticas por parte da Casa Branca nos últimos tempos, mas também por parte da oposição democrática. Nouri al-Maliki aproveitou a assinatura do acordo para atirar farpas a Hillary Clinton, senadora democrata candidata às presidenciais, e acusa-a de pouco ou nada saber sobre a reconciliação entre os iraquianos.

Mas as grandes questões continuam pendentes, ou seja, ainda não há entendimento sobre as reformas constitucionais, a lei do petróleo e a lei do gás que vão determinar o que é que pertence a quem daqui para frente.

Os líderes iraquianos comprometeram-se a realizar reuniões frequentes e períodicas para resolver problemas estratégicos.