Última hora

Última hora

Governo grego oferece recompensa a quem denunciar pirómanos

Em leitura:

Governo grego oferece recompensa a quem denunciar pirómanos

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo quarto dia consecutivo, as chamas continuam a lavrar na Grécia e devastam o sul do país. O número de vítimas nao pára de aumentar. Já estão confirmadas mais de 60 mortes, de pessoas que foram carbonizadas ou asfixiadas pelo fumo. Pelo menos 500 habitações foram, até agora, consumidas pelos incêndios.

A nuvem de fumo negro que assombra o país estende-se desde a península do Peloponeso, a oeste, até à maior ilha grega, a Leste. O governo está convicto de que os incêndios têm origem criminosa e oferece uma recompensa, que pode ir dos 100 mil euros a um milhão de euros, a quem forneça informações que conduzam à descoberta e captura dos responsáveis pela catástrofe que assola a Grécia.

Um vídeo onde aparecem dois supostos pirómanos circula nos média, o que alimenta ainda mais a tese de fogo posto.

O ministro da ordem pública conta que “a dispersão do fogo, o tempo de deflagração, os acendimentos durante a noite em locais remotos, onde as pessoas não conseguem chegar, levam o governo a crer que estão a lidar com uma ameaça difusa”.

As chamas ameaçaram os templos de Olímpia, mas o sistema anti-incêndio instalado durante os jogos de Atenas em 2004, evitou uma verdadeira tragédia grega na cidade berço dos Jogos Olímpicos.