Última hora

Última hora

Autoridade americana manda inspeccionar Boeing 737

Em leitura:

Autoridade americana manda inspeccionar Boeing 737

Tamanho do texto Aa Aa

A Boeing está a contas com um problema de parafusos. A autoridade norte-americana para a aviação deu ordens para inspeccionar todos os aparelhos 737 em circulação, depois do acidente de um aparelho da China Airlines no Japão, na semana passada, que, apesar do aparato, felizmente não causou vítimas.

O derramamento de querosene numa das asas terá sido, segundo alguns especialistas, causado por um parafuso que caíu e perfurou o tanque de combustível. As companhias, não só americanas como de outros países, têm agora 24 dias para inspeccionar esta peça. Há quase 500 mil aparelhos Boeing 737 em circulação, em todo o mundo, dos quais 783 nos Estados Unidos.

A Ryanair, maior companhia de baixas tarifas da Europa e um dos principais clientes deste aparelho, anunciou que começou já as inspecções em toda a frota de Boeing 737 e que o processo deve durar cerca de três semanas.