Última hora

Última hora

Banho de sangue em peregrinação xiita

Em leitura:

Banho de sangue em peregrinação xiita

Tamanho do texto Aa Aa

Um dos eventos mais importantes do calendário xiita, em Kerbala, no Iraque, transformou-se em confrontos armados entre a polícia e militantes do exército de Mehdi, leais ao clérigo radical Moqtada al-Sadr.

O ministério do Interior anunciou que dos combates armados resultaram mais de 50 vítimas sem precisar, o número de feridos e mortos. Mas um balanço avançado pela agência France Press, citando um responsável pelos serviços de saúde, dava conta de 27 mortos e mais de 140 feridos.

Os distúrbios tiveram início na segunda-feira à noite quando a polícia enfrentou uma multidão que, de acordo com fontes oficiais, arremessou pedras e outros objectos num alegado protesto pelo excessivo controlo das autoridades. Um incidente que resultou na morte de 8 pessoas, metade eram seguidores de Moqtada al-Sadr, referiu um responsável local.

Esta terça-feira à tarde e face à gravidade dos confrontos, as forças da ordem ordenaram a evacuação do recinto das festividades que evocam o nascimento do imã Medhi.