Última hora

Última hora

Barclays nega crise com crédito malparado

Em leitura:

Barclays nega crise com crédito malparado

Tamanho do texto Aa Aa

O banco britânico Barclays foi a mais recente vítima da crise dos créditos de risco. As acções estiveram em forte queda, depois da publicação de notícias segundo as quais o banco estaria em risco de perder várias centenas de milhões de euros em pacotes financeiros, criados pela divisão de investimento. Esses pacotes estariam a ser prejudicados pelo crédito malparado.

A notícia foi desmentida pelo banco britânico, que desmentiu também ter tido qualquer papel no afundamento do alemão Sachsen LB que, a atravessar sérias dificuldades, foi resgatado por um outro banco estatal alemão. O sector financeiro está a viver uma crise desde o início do Verão, causada por notícias alarmantes sobre os créditos de risco nos Estados Unidos.

O índice Dow Jones, de Wall Street, reflectiu-se fortemente da crise. A descida generalizada nas bolsas acentuou-se no início deste mês. Os bancos centrais dizem agora que pode haver medidas excepcionais, ou seja, os juros podem vir a baixar, ou pelo menos deve haver uma pausa nos aumentos. O presidente da Reserva Federal, Ben Bernanke, vai fazer um discurso muito aguardado na sexta-feira.

No centro de toda esta crise está o mercado imobiliário. Os preços estão em queda e acumula-se o excedente de casas por vender.