Última hora

Última hora

Las Vegas Sands abre Venetian em Macau

Em leitura:

Las Vegas Sands abre Venetian em Macau

Tamanho do texto Aa Aa

Veneza chegou a Macau. Depois de Las Vegas, a antiga colónia portuguesa tem agora uma réplica da cidade dos canais, tudo em nome do cifrão. Trata-se do novo casino-hotel Venetian, do grupo norte-americano Las Vegas Sands, que representa um investimento de 2,4 mil milhões de dólares.

Não é um casino qualquer: é o maior do mundo. Além de 850 mesas de jogo e mais de 4000 slot machines, o complexo tem ainda 3000 suites, um centro comercial com 350 lojas e um mega-pavilhão para desporto e espectáculos.

Segundo o analista Stephen Vickers, esta explosão do sector do jogo pode ser prejudicial para a China: “Há fugas de capital do governo chinês que passam por Macau. Isso pode ser uma ameaça, porque pode haver uma altura em que o governo diz basta. Há outra ameaça, que é o crescmento do crime organizado em Macau”.

Macau é, desde há muito tempo, um paraíso dos casinos. Mas foi em 2001 que a actividade começou a crescer de forma quase descontrolada, com a liberalização do sector e a entrada de grupos estrangeiros. Macau, desde 1999 uma região administrativa especial da China, ameaça tirar a Las Vegas o título de capital mundial do jogo.