Última hora

Última hora

Véu islâmico tema central da eleição presidencial turca

Em leitura:

Véu islâmico tema central da eleição presidencial turca

Véu islâmico tema central da eleição presidencial turca
Tamanho do texto Aa Aa

Nunca uma peça de roupa teve tanta importância numa eleição presidencial. Na Turquia, o véu islâmico, ou hijab, tem sido o grande tema de campanha para a eleição do ministro dos Negócios Estrangeiros turco Abdullah Gul para a presidência da República da Turquia.

A mulher de Gul tem sido a principal defensora do direito das mulheres poderem usar o hijab. Hayrunnisa Gul deverá ser a primeira-dama turca a usar o véu islâmico desde 1925, ideia que não agrada a todos.

Questionado sobre o que pensa do presidente eleito e da sua mulher, uma turca refere que “o interior da cabeça de Gul está coberto. E acrescenta “a mim não me incomoda que a sua mulher se cubra. Mas quando houver uma recepção com convidados vestidos de maneira moderna, não vou gostar de a ver vestida como se fosse saudita.”

Muitos pensam que a chegada de Hayrunnisa ao cargo de primeira-dama vai permitir aos muçulmanos turcos sentirem-se mais integrados na sociedade.

O hijab é proibido nos edifícios públicos, nas escolas ou universidades. Hayrunnisa Gul recorreu ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos para que nas universidades turcas fosse permitido o uso do véu. Uma jovem que usa o véu islâmico, defende que “muitas pessoas foram descriminadas neste país por usarem o hijab. Talvez com Hayrunnisa isto vai mudar. As pessoas vão sentir-se mais integradas na vida social e talvez vão ter mais autoconfiança.”

Ataturk quis minimizar a importância da religião na sociedade turca. No entanto, a sua mulher, que teve uma educação laica e que frequentou a Sorbonne em Paris, chegou a usar o véu para impedir que o seu marido fosse alvo da classe política mais conservadora.

Para a chefe de redacção da “Cosmopolitan”, na Turquia, o véu não corresponde à imagem que os turcos têm da sua sociedade. “Consideramo-nos modernos na Turquia, muito ocidentalizados e, claro, esta imagem da primeira-dama, creio que não tem nada a ver com esta modernidade em que nos revemos.”

Mas até que ponto é que a Turquia é verdadeiramente moderna. Gul vai passar o seu primeiro grande teste quando levar a sua mulher à cerimónia militar do 30 de Agosto, onde os véus islâmicos são proibidos.