Última hora

Última hora

Preço do pão acompanha subidas na cotação do trigo

Em leitura:

Preço do pão acompanha subidas na cotação do trigo

Tamanho do texto Aa Aa

O pão está a ficar mais caro em todo o mundo, sobretudo na Europa. Com as recentes subidas na cotação do trigo, comer o pão nosso de cada dia custa mais dinheiro. Se os ingleses pagam mais pelas torradas com que acompanham o feijão cozido do pequeno-almoço, para os italianos é a pasta começa am pesar mais na carteira.

Mas não há país onde o pão seja mais emblemático do que em França, onde a baguette é um símbolo nacional. Aqui, no espaço de um ano, o trigo aumentou 82%. Se no ano passado o preço era de 130 euros por tonelada, agora a cotação ronda os 237 euros, o que obriga as padarias a pedir mais pelo pão. Os preços podem subir cerca de 10% nos próximos tempos.

As subidas devem-se ao mau tempo, que afectou a produção de trigo, mas também à crescente procura de biocombustíveis. A crise do trigo está a afectar os países exportadores. A Alemanha, um dos principais produtores do cereal, está a ser ultrapassada pela Rússia, pelos Estados unidos e pelos países do Médio Oriente.

As preocupações ecológicas e a crescente procura de biocombustíveis, feitos à base de cereais, ajudam também a que o trigo esteja mais caro. Reflexos de uma nova era, em que os cereais são mais que um simples alimento para o corpo.