Última hora

Última hora

Polícia detêm mais de 30 alegados mafiosos da N'Dragheta

Em leitura:

Polícia detêm mais de 30 alegados mafiosos da N'Dragheta

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia italiana levou a cabo uma vasta operação em resposta aos homicídios de 6 homens há duas semanas em Duisburgo, na Alemanha. 32 pessoas foram detidas na zona montanhosa da vila de San Luca, o epicentro de um feudo mafioso da Calábria, conhecido como N’Drangheta.

As forças de segurança desenvolveram várias buscas especificas depois de deterem três suspeitos escondidos num Bunker. Uma das paredes do esconderijo foi aberta por controlo remoto. Entre os detidos está Giovanni Nirta, considerado o padrinho do “gang” e cuja mulher foi assassinada no último natal.

A polícia não quis de imediato relacionar os detidos com o caso de Duisburgo, cidade alemã onde os seis italianos foram abatidos a tiro em frente a um restaurante num aparente ajuste de contas entre duas famílias ligadas à máfia calabresa. Os suspeitos podem ser acusados de homicídio, associação criminosa e tráfico de armas e droga. Estima-se que a N’Dragheta facture anualmente 38 mil milhões de euros, a maior parte será oriunda do comércio de cocaína.