Última hora

Última hora

Zapatero reafirma acção implacável contra a ETA

Em leitura:

Zapatero reafirma acção implacável contra a ETA

Tamanho do texto Aa Aa

A acção dos terroristas bascos surge um dia depois da organização ter sofrido um rude golpe.

As autoridades francesas, em cooperação com a polícia espanhola, investiram sobre uma casa na localidade de Cahors, no sudoeste do país e prenderam quatro alegados etarras.

As operações de recolha de provas prosseguiram durante o domingo num local que estava transformado numa verdadeira fabriqueta de explosivos. Os quatro suspeitos, três homens e uma mulher, são tidos como elementos perigosos do aparelho militar da ETA. Entre eles encontra-se um histórico da organização, especialista na fabricação de engenhos explosivos.

As autoridades acreditam que os etarras detidos este sábado estiveram envolvidos nas principais operações dos últimos meses, em particular o atentado de Dezembro no aeroporto de Barajas em Madrid que fez dois mortos.

Este domingo o primeiro-ministro espanhol reagiu publicamente à operação policial. José Luis Rodriguez Zapatero afirmou que colocou toda a sua energia na busca da paz através do diálogo mas a ETA preferiu a violência. Por isso, sublinhou, o seu governo será implacável face às bombas e face àqueles que as utilizam.