Última hora

Última hora

Polícia desmonta fábrica de bombas da ETA

Em leitura:

Polícia desmonta fábrica de bombas da ETA

Tamanho do texto Aa Aa

A guerra contra a ETA tem mais 2 capítulos esta segunda-feira, com a reunião de coordenação das autoridades espanholas e francesas e a transferência para Paris dos 4 suspeitos membros da organização terrorista detidos no Sul de França. As buscas à casa em Cahors onde foram apanhados os 3 homens e uma mulher terminaram este domingo à noite.

Nas buscas foi descoberta uma importante quantidade de explosivos e um laboratório improvisado de fabricação de bombas. Os detidos gritaram vivas à ETA enquanto assistiram à rusga realizada em colaboração pelas polícias francesa e espanhola. A televisão espanhola divulgou um vídeo alegadamente feito pela ETA onde se explica como fazer uma bomba e que poderá ter sido realizado na casa em Cahors.

As autoridades estão convictas que desmantelaram uma “base operacional” da organização e que os detidos participaram nos atentados no aeroporto de Barajas em Dezembro. Entretanto, uma bomba explodiu este domingo em Fuenmayor, no norte de Espanha, o que a juntar a mais quatro ameaças agravou o habitual caos no regresso de férias.

Algumas estradas e auto-estradas tiveram de ser cortadas provocando filas de trânsito intermináveis. Desde que a ETA rompeu o cessar-fogo no passado dia 5 de Junho, 22 suspeitos etarras foram detidos pelas autoridades, a maioria no Sul de França.