Última hora

Em leitura:

Célula da Al Qaeda presa na Dinamarca


mundo

Célula da Al Qaeda presa na Dinamarca

Oito alegados membros da da Al Qaeda foram presos, em Copenhaga, por suspeitra de prepararem um atentado, com explosivos fluidos. São todos originários de países islâmicos,com idades compreendidas entre os 19 e os 28 anos. A polícia dinamarquesa seguia os seus movimentos há bastante tempo e, às primeiras horas da madrugada desta terça-feira, decidiu detê-los, porque, segundo um porta-voz, estaria iminente uma acção violenta.

O porta voz da polícia não especificou a localização prevista do atentado: “Podemos descrever os principais suspeitos como militantes islamitas, com contactos internacionais e compromissos, perante os líderes da Al Qaeda”, disse o porta-voz da polícia

Dois dos detidos já terão sido apresentados a um Juiz de Instrução Criminal, que ditará o seu futuro imediato. Os outros seis ainda estão a ser interrogados. Provinham do Afganistão, Paquistão, Somália e Turquia. Seis deles já tinham adquirido a cidadania dinamarquesa.

Foram detidos num apartamento dos arredores de Copenhaga e, segundo a polícia, dispunham de meios sofisticados de fabicro de explosivos. Há exactamente um ano, a mesma polícia prendeu nove pessoas, por razões semelhantes.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Guerrilha das FARC aceita proposta de mediação de Hugo Chavez