Última hora

Última hora

Sonatrach denuncia contrato com Repsol e Gás Natural

Em leitura:

Sonatrach denuncia contrato com Repsol e Gás Natural

Tamanho do texto Aa Aa

A Espanha perdeu a aposta argelina. O grupo produtor de gás Sonatrach, detido pelo governo de Argel, pôs fim a um contrato, assinado há três anos, que previa a exploração da jazida de Gassi Touil, em colaboração com as empresas espanholas Repsol e Gás Natural.

A decisão apanhou Madrid de surpresa. O ministro da indústria, Joan Clos, espera não ser tarde demais: “Vamos ver se é possível encontrar uma solução; se não, esperemos que haja uma solução justa encontrada pelos tribunais arbitrais. Seja como for, vamos defender os interesses das empresas espanholas, é o nosso dever”.

A Repsol e a Gás Natural tinham ganho este contrato através de um concurso internacional. Depois do início das operações, as empresas espanholas tiveram vários problemas com a Sonatrach.

O grupo argelino alegou que não precisava da ajuda de estrangeiros para explorar esta jazida. Antes, o ministro argelino da energia tinha dito que, se os outros países querem explorar as riquezas petrolíferas da Argélia, tinham que oferecer contrapartidas, como o acesso à tecnologia.