Última hora

Última hora

Austrália reitera total apoio à causa de Bush no Iraque

Em leitura:

Austrália reitera total apoio à causa de Bush no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Uma refeição em que o prato forte foi o tema Iraque. O primeiro-ministro australiano John Howard e a comitiva do presidente norte-americano George W. Bush almoçaram numa base militar australiana, em Sidney, num claro sinal do reiterado apoio de Camberra à estratégia militar da Casa Branca para o Iraque.

Sob forte pressão interna para retirar as tropas de solo iraquiano, Bush recebeu a renovada confiança do chefe de governo australiano. Howard anunciou em conferência de imprensa que “não haverá redução de soldados e que a permanência australiana no Iraque estará ligada às condições de segurança no terreno e não a um calendário”.

Bush recompensou o seu “amigo” ao dar acesso a tecnologia e inteligência norte-americanas, altamente secretas, à Austrália. O encontro entre norte-americanos e australianos antecede a cimeira APEC – Ásia/Pacífico – no fim-de-semana. O presidente chinês Hu Jintao também já está em Sidney. O principal tema da cimeira vai ser o combate ao aquecimento global.

Os Estados Unidos, que juntamente com a Austrália, não ratificaram o protocolo de Quioto, anunciaram que estão dispostos a trabalhar com a ONU para a redução de gases de efeito estufa, se a China, signatária de Quioto, também o fizer.