Última hora

Última hora

Bucareste recebe "puxão de orelhas" de Barroso

Em leitura:

Bucareste recebe "puxão de orelhas" de Barroso

Tamanho do texto Aa Aa

A reforma da Justiça e a luta contra a corrupção continuam a ser os “calcanhares de Aquiles” da Roménia. Bucareste assumiu compromissos, mas os progressos neste domínio são irrelevantes desde que o país aderiu à União Europeia em Janeiro deste ano.

Segundo os observadores do Transparency International, “a Roménia é o país mais corrompível da União Europeia”.

O assunto inquieta Bruxelas e Durão Barroso foi visitar o pior dos alunos europeus do alargamento a Leste.

Perante as duas câmaras do Parlamento, o presidente da Comisssão Europeia não hesitou em lembrar que a “Roménia tem que pôr em marcha as suas reformas, particularmente no domínio da justiça e da luta contra a corrupção”.

Mas Barroso lembrou ainda às autoridades de Bucareste que um dos grandes desafios da União é a integração das minorias e que é preciso que a Roménia assuma a sua quota parte na integração da comunidade cigana.

A Roménia conta com a maior comunidade cigana da Europa, cerca de dois milhões de pessoas.