Última hora

Última hora

Conferência sobre Segurança em Bagdade decorre sob cenário de destruição

Em leitura:

Conferência sobre Segurança em Bagdade decorre sob cenário de destruição

Tamanho do texto Aa Aa

Foi sob pano de fundo de destruição que decorreu a Conferência sobre Segurança organizada em Bagdade pelo governo iraquiano. Na localidade de Hajaj, no norte do país, um grupo de homens armados atacou uma esquadra de polícia matando seis agentes e destruindo completamente o edifício.

De acordo com testemunhas, perto de 80 homens chegaram em 10 veículos e começaram a disparar contra a esquadra de polícia. Vários habitantes locais juntaram-se aos polícias para os ajudarem a combater os agressores. Em Bagdade, o primeiro-ministro Nuri al-Maliki apelou para que os países vizinhos ajudem as autoridades iraquianas a acabarem com a violência.

Esta foi a segunda conferência do género organizada na capital iraquiana. Representantes do Irão, Síria, Jordânia, Turquia e Arábia Saudita participaram no encontro, que contou com um total de 22 delegações, entre as quais do G8 e dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU.

Em conferência de imprensa, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Hoshyar Zebari, acusou o Irão e a Síria de ingerência nos assuntos internos iraquianos como tem vindo a fazer a Casa Branca.