Última hora

Última hora

Conferência sobre Segurança em Bagdade decorre sob cenário de destruição

Em leitura:

Conferência sobre Segurança em Bagdade decorre sob cenário de destruição

Conferência sobre Segurança em Bagdade decorre sob cenário de destruição
Tamanho do texto Aa Aa

Foi sob pano de fundo de destruição que decorreu a Conferência sobre Segurança organizada em Bagdade pelo governo iraquiano. Na localidade de Hajaj, no norte do país, um grupo de homens armados atacou uma esquadra de polícia matando seis agentes e destruindo completamente o edifício.

De acordo com testemunhas, perto de 80 homens chegaram em 10 veículos e começaram a disparar contra a esquadra de polícia. Vários habitantes locais juntaram-se aos polícias para os ajudarem a combater os agressores. Em Bagdade, o primeiro-ministro Nuri al-Maliki apelou para que os países vizinhos ajudem as autoridades iraquianas a acabarem com a violência.

Esta foi a segunda conferência do género organizada na capital iraquiana. Representantes do Irão, Síria, Jordânia, Turquia e Arábia Saudita participaram no encontro, que contou com um total de 22 delegações, entre as quais do G8 e dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU.

Em conferência de imprensa, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Hoshyar Zebari, acusou o Irão e a Síria de ingerência nos assuntos internos iraquianos como tem vindo a fazer a Casa Branca.