Última hora

Última hora

Comissão revê em baixa previsões de crescimento

Em leitura:

Comissão revê em baixa previsões de crescimento

Tamanho do texto Aa Aa

A economia da Zona Euro vai crescer menos que o esperado, este ano, segundo as novas previsões publicadas pela Comissão Europeia.A inflação deve também subir este ano.

Bruxelas está agora menos optimista em relação à perspectiva económica, mas mesmo assim o crescimento deve manter-se sólido. Isto por culpa da recente crise nos mercados, como explica o comissário para os assuntos económicos, Joaquín Almunia: “As economias da Europa e da Eurozona estão sólidas, mas o impacto do abalo nos mercados criou um clima de incerteza e endureceu as condições financeiras”.

No novo relatório semestral, a comissão aponta para um crescimento do PIB de 2,5%, abaixo dos 2,8% do ano passado e dos 2,6% previstos no relatório de Maio.

A crise levou o Banco Central Europeu a adiar a decisão de subir os juros. O presidente do BCE, Jean-Claude Trichet, advertiu no Parlamento Europeu para mais turbulência: “É possível que a degradação dos créditos no sector das hipotecas de risco, nos Estados Unidos, possa causar uma correcção mais alargada nos mercados”.

A crise começou quando foram sabidas as verdadeiras dificuldades que os bancos estavam a ter, nos Estados unidos, para lidar com os créditos hipotecários de risco, também chamados “subprime”. Este tipo de hipotecas representa, actualmente, mais de um quarto dos créditos imobiliários, no território norte-americano.