Última hora

Última hora

"EUA estão melhor do que há seis anos mas país continua sem estar seguro", dizem autoridades norte-americanas

Em leitura:

"EUA estão melhor do que há seis anos mas país continua sem estar seguro", dizem autoridades norte-americanas

Tamanho do texto Aa Aa

O mundo está mais alerta contra o terrorismo desde os atentados de 11 de Setembro de 2001 em Nova Iorque, mas os serviços secretos norte-americanos avisam que o país não está seguro. Os ataques de há seis anos levaram as autoridades a prepararem-se melhor contra qualquer ameaça. Um norte-americano considera que o mundo está muito perigoso e que o problema vai continuar sem se resolver completamente, é uma batalha longa mas por agora sente segurança e espera poder permanecer assim.

Há seis anos morreram quase três mil pessoas. Mas os ataques não ficaram por aí e mudaram de país: 12 de Outubro de 2002, Bali, Indonésia, mais de 200 vítimas mortais; 11 de Março de 2004, Madrid, outros 200 mortos. Só para falar nos mais mortíferos.

E todos os ataques têm o selo da al-Qaida e de Ossama Bin Laden. Nos últimos meses, cresceu a especulação sobre relatórios recentes que indicarão a possibilidade de novos ataques em solo norte-americano. Os receios renovaram-se com mais um vídeo do líder terrorista divulgado na comunicação social, que desta vez surgiu, segundo os analistas, com um discurso mais político e menos religioso.