Última hora

Última hora

Israel afasta hipótese de invadir Gaza após ataque contra base de Zikim

Em leitura:

Israel afasta hipótese de invadir Gaza após ataque contra base de Zikim

Tamanho do texto Aa Aa

Os partidos nacionalistas israelitas exigem uma invasão imediata da faixa de Gaza, após o ataque desta madrugada contra a base militar de Zikim. Pelo menos 66 soldados, a maioria recrutas, ficaram feridos pelos estilhaços da explosão de um míssil Qassam sobre uma tenda de mantimentos.

Um militar encontra-se em estado crítico. O ataque foi reivindicado pelos grupos armados palestinianos, Jihad Islâmica e Comités da Resistência Popular, que baptizaram a acção de “aurora da vitória”. Um segundo ataque visou uma área do Oeste do Negev sem, aparentemente, provocar vítimas.

Pouco após o ataque, os militares israelitas ripostaram sobre a cidade de Beit Henun, no norte da faixa de Gaza, ferindo pelo menos dois civis palestianos. O governo israelita, que vai reunir-se esta tarde para examinar a situação, afasta para já a hipótese, ponderada nas últimas semanas, de ocupar a faixa de Gaza para pôr termo a este tipo de ataques.

A prioridade dos militares concentra-se a norte, onde o exército está em alerta máximo junto à fronteira com a Síria, na sequência da tensão que opõe os dois vizinhos nos últimos dias.