Última hora

Última hora

Israel afasta hipótese de invadir Gaza após ataque contra base de Zikim

Em leitura:

Israel afasta hipótese de invadir Gaza após ataque contra base de Zikim

Israel afasta hipótese de invadir Gaza após ataque contra base de Zikim
Tamanho do texto Aa Aa

Os partidos nacionalistas israelitas exigem uma invasão imediata da faixa de Gaza, após o ataque desta madrugada contra a base militar de Zikim. Pelo menos 66 soldados, a maioria recrutas, ficaram feridos pelos estilhaços da explosão de um míssil Qassam sobre uma tenda de mantimentos.

Um militar encontra-se em estado crítico. O ataque foi reivindicado pelos grupos armados palestinianos, Jihad Islâmica e Comités da Resistência Popular, que baptizaram a acção de “aurora da vitória”. Um segundo ataque visou uma área do Oeste do Negev sem, aparentemente, provocar vítimas.

Pouco após o ataque, os militares israelitas ripostaram sobre a cidade de Beit Henun, no norte da faixa de Gaza, ferindo pelo menos dois civis palestianos. O governo israelita, que vai reunir-se esta tarde para examinar a situação, afasta para já a hipótese, ponderada nas últimas semanas, de ocupar a faixa de Gaza para pôr termo a este tipo de ataques.

A prioridade dos militares concentra-se a norte, onde o exército está em alerta máximo junto à fronteira com a Síria, na sequência da tensão que opõe os dois vizinhos nos últimos dias.