Última hora

Última hora

Manifestação proibida anti-islamização gera polémica em Bruxelas

Em leitura:

Manifestação proibida anti-islamização gera polémica em Bruxelas

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia deteve hoje dezenas de pessoas que pretendiam participar em Bruxelas numa manifestação não autorizada contra a Islamização da Europa. O protesto foi organizado pelo grupo dinamarquês “Stop à Islamização”. Um dos organizadores lamentou a atitude das autoridades.

“Vêem toda esta polícia? Porque razão uma manifestação pacífica como a nossa se tornou uma coisa tão polémica? Não entendemos. Só viemos aqui dizer aos políticos: gostariamos que pensassem um pouco mais. Por favor parem a islamização”, disse um dos responsáveis pelo protesto.

“Estamos de acordo com os objectivos desta manifestação. Temos medo do progresso do Islão no nosso continente”, afirmou o eurodeputado Franck Vanhecke, presidente do partido de extrema-direita flamengo Vlaams Belang, antes de ser detido pela polícia.

A manifestação foi proibida pelo presidente da câmara de Bruxelas. Uma decisão criticada pelo comissário europeu da Justiça, Franco Frattini, por considerar que a interdição pôe em causa o direito à liberdade de expressão.