Última hora

Última hora

Norte-americanos assinalam 6º aniversário do 11 de Setembro

Em leitura:

Norte-americanos assinalam 6º aniversário do 11 de Setembro

Tamanho do texto Aa Aa

Seis anos após os atentados de Nova Iorque e Washington, os olhares do mundo voltaram a fitar, em directo, o centro de Manhattan. Às 8h46 locais, os sinos evocaram o embate do primeiro avião contra a torre norte do World Trade Center.

Um momento ao qual se juntou o presidente George Bush, nos jardins da Casa Branca em Washington. O secretário de Estado da Defesa Robert Gates participou numa cerimónia no Pentágono onde se despenharam outros dois aviões em 2001.

O ex-presidente da camâra de Nova Iorque e candidato às primárias do Partido Conservador participou na cerimónia. Rudy Giuliani sublinhou que a sua presença “não era política”, após ter sido criticado por tentar captar votos pelo seu desempenho após o ataque às torres gémeas.

Pela primeira vez, as cerimónias não se realizam na chamada zona zero, devido às obras de construção de um novo edifício.Os familiares das 2.749 vítimas dos atentados de 11 de Setembro, voltaram no entanto a cumprir o ritual de depor flores junto ao local das ruínas.